Arquivo da tag: palestras

BOM BARATO RAPIDO

Sempre terá alguém mais barato do que você.

BOM BARATO RAPIDO

Algumas vezes, escuto reclamações de alguns profissionais e, também de  empresas que dizem que seus concorrentes são mais baratos e por isso, roubam os seus clientes.

Entenda uma coisa: as pessoas pagarão o preço que for, se você comprovar e entregar resultados. Se você for a solução para os problemas delas, caso contrário, optarão pelo menor risco, ou melhor, o que é mais barato.

Pense em quantas vezes você pagou mais caro porque sabia que teria seu problema sanado, confiava na empresa ou no profissional. E, quantas vezes fugiu de preço barato porque desconfiou da qualidade ou das promessas.

Instintivamente, temos um alerta em nossa mente que relaciona preço barato à problemas, ou baixa qualidade, atendimento ruim e , preços elevados, à atendimento personalizado, alta qualidade, resultados rápidos e definitivos.

Porém, nem sempre é assim que ocorre na realidade, ainda mais, num país onde nem tudo segue a trajetória normal que deveria seguir. Pode ocorrer, exatamente, o contrário e por isso, muitas pessoas ficam confusas, desconfiadas e apelam para a pechincha, sem perceber que ao baixar o preço irá perder algumas coisas que o preço alto garantia, como por exemplo: entrega rápida, que passará a ser mais demorada; não lhe dará a devida atenção e para piorar a situação, muitos concedem desconto, mas não lhe avisa que tirou algumas vantagens do serviço que você acabou de contratar e que constavam do preço mais elevado e quando você reclama do serviço, ainda escuta:

– Também, pelo preço que você pagou …só faltava querer atendimento VIP ( do inglês, Very Important Person, ou melhor, cliente preferencial ou exclusivo).

Quando apresentamos um preço aos nossos clientes, é de se supor que tenhamos efetuado cálculos relacionando nossos custos que devem incluir impostos ( embora muitos soneguem para oferecer preços baixos) , margem de investimentos ( embora muitos esqueçam que para a empresa crescer deve investir em inovação, cursos, novos equipamentos, trocar a frota,etc.), reservar uma verba para desgaste de equipamentos que ficam velhos com o tempo,e claro, incluir a  margem de lucro esperada para o setor. Esta forma é simplificada, mas a minha ideia não é dar um curso de custos x receitas, quero apenas salientar a importância de você conhecer esses itens de composição de seus preços para atingir a margem de lucro esperada, porque tem muita gente que faz preço baseado na concorrência e depois, não sabe por que quebra.

Preço barato, também, pode significar que você precisará de mais tempo para conseguir o resultado que espera, ficar em filas infindáveis e dificuldades para falar com atendimento ao cliente e como o preço é barato, 99% das pessoas desiste de fazer a reclamação, pois, perdem muito tempo para ser atendidos e não compensa.

Da mesma forma, preços altos, podem apenas ser uma estratégia de marketing para iludir a sua mente e aplicar o golpe e nada entregar.

Normalmente, serviços ou produtos com preço alto significa que o currículo do profissional que vai lhe atender é espetacular, que ele lê livros, tem condições de trabalhar menos porque pode atender menor volume de clientes, para ter tempo e  dar a devida atenção à sua carreira, poder fazer cursos de atualização e estar mais “antenado” com as tendências, cenários e inovações; significa , também, alta qualidade de produtos, maior garantia. Esse conhecimento de alto padrão tem um preço e, se você prefere contratar preço barato, provavelmente, contratará profissionais repetidores de conhecimento porque copiam de alguém sem apresentar nenhuma solução estratégica que seja viável. Não tem experiência, são novatos e muitos, aventureiros.

Portanto, na dúvida, busque informações da empresa ou do profissional em órgãos como SERASA, RECLAME AQUI, veja sites, artigos, consulte certificados que o profissional menciona ter, peça indicação e fale com clientes e ex-clientes.

Agora, se o profissional lhe falou o valor dele e você não tem condição de pagar, seja honesto e não fique pechinchando. Em países de primeiro mundo é considerado uma indelicadeza e falta de respeito pedir descontos e creio, que esse respeito deveria fazer parte, inclusive de países menos desenvolvidos, afinal, respeito nunca é demais.

Esse é o valor do investimento para você ter esse nível de profissional ou produto e você decidirá qual o investimento está disposto a fazer, quais riscos pretende correr e o nível do serviço que quer obter. Cada um escolhe nas mãos de quem colocará sua carreira, empresas ou negócios.

Em casos onde o preço é o justo e o cliente pode pagar , talvez, uma das  hipóteses para você, profissional ou empresa não conseguir fechar mais contratos ou clientes, pode ser  não ter estabelecido o real valor do seu produto ou serviço, ou melhor, o que agrega na vida de seu cliente, como contribui, que resultados se compromete a oferecer e em quanto tempo entregará.

O FOCO SEMPRE SERÁ A SOLUÇÃO QUE VOCÊ OFERECE AOS PROBLEMAS QUE ELE ENFRENTA. Ele pagará, se sua proposta estiver alinhada com as expectativas dele.

O cliente pode alegar que seus concorrentes são mais baratos, pois, não está clara essa relação custo-benefício.

O cliente pagará mais caro pela solução eficaz, pelo diferencial, pela exclusividade , por ter algum controle sobre o sistema que você oferece,  por atendimento rápido, por ter um canal de comunicação exclusivo ou serviços agregados, como por exemplo: parcerias com a sua empresa que facilitem a vida dele, soluções multidisciplinares que o atendam e claro, resultados garantidos ou pelo menos que você os consiga demonstrar.

Mas se ele continua achando caro, é porque ele o nivela e todos os seus serviços , com o nível mais baixo do mercado  e não percebeu o seu diferencial. Neste caso, ou você refaz a sua comunicação, o Marketing , a sua apresentação ou, é melhor dispensar esse cliente pode estar blefando para conseguir serviços de alta qualidade, por preço barato.

E cabe a você decidir, porque recuar no seu preço neste momento. Entenda que se você recar no preço , mandará  a mensagem que , de fato, estava caro e a o cliente entenderá que valeu a pena “apertar” em vez de pagar mais caro por um serviço que na opinião dele, não valia.

Sugiro, neste caso, que  você venha a colocar um preço inferior ao da proposta inicial , deixar claro que reduzirá a gama de serviços oferecidos na proposta inicial , como por exemplo , reduzir o tempo de dedicação ao cliente, não poderá atender tantas vezes por semana ,deixando claro para o cliente que ficou mais barato porque você retirou quantidades de serviços da proposta inicial, claro, se isso não prejudicar o resultado desse projeto, caso contrário, melhor não fazer negócio com esse cliente, pois, colocará em risco a sua reputação.  Avise que desta forma, levará mais tempo para entregar o resultado e mostre as consequências pela redução do valor.

Normalmente, quem vende barato e tem margem de lucro preservada é porque tem condições de ganhar atendendo a um grande  volume de clientes e com baixo custo, porque a operação requer um valor menor para ser exercida, ou melhor , sem nada de supérfluo  ou luxuoso, oferece o básico comparando com serviços mais caros do mesmo ramo.

Não existe milagre, a conta não fecha.  Conseguem gerar lucro através do volume de vendas, maior quantidade de clientes, mas, não espere atendimento VIP, já que você será mais um, na montanha de clientes que eles precisam atender para pagar as contas.

A pior ignorância que um consumidor pode exercer é pagar barato e querer tratamento de quem paga caro. Isso não existe, alguém paga a conta; ou será você, que será prejudicado nos prazos ou terá muitos aborrecimentos, ou será o fornecedor dessa empresa que não receberá os cheques pelos serviços prestados, ou os colaboradores trabalham com baixos salários, baixa produtividade e podem lhe atender com má vontade,  ou, pior, as populações pobres de outros países são exploradas para conseguir reduzir os custos da operação da empresa dele e neste caso, o caminho para esta empresa é falir por falta de planejamento, para conseguir preços baixos em fazer nenhum cálculo só para atender o cliente arrogante e irresponsável.

Portanto, antes de “apertar” os preços de alguma profissional ou empresa, ou reduzir os seus na prestação e serviços a seus cliente, pense que resultados você quer receber ou que resultados quer entregar e use a negociação que ambos os lados ganham ou melhor, “ganha-ganha”, pois,  todos saem felizes e ninguém “quebra” a empresa de ninguém.

VAMOS PRATICAR A JUSTIÇA?  Não faça para os outros o que não quer que façam com você.

 

 

Gerenciar emoções e comportamentos é um grande diferencial profissional

cerebro

 

Tem horas que temos que deixar para trás todo o peso do passado e trilhar uma nova estrada.

O passado pode ser:

  1. uma desculpa
  2. uma âncora
  3. uma escola
  4. um aprendizado
  5. uma história linda

Incompetentes adoram a opção 1 e 2 .

Portanto pare de se torturar e olhe para a frente. O cérebro precisa de ESPERANÇA.

Quando a esperança acaba, você entra em um processo de autodestruição e sabotagem. É o que chamamos de “looping” descendente do cérebro ou entropia psíquica em que vivem as pessoas deprimidas.

Fracasso faz parte da vida e os “românticos” insistem em ignorar essa força educadora.

O importante é após um “tombo”, levantar rápido, analisar prós e contras , corrigir  e continuar a sua jornada, sem desistir dos seus sonhos e do que acredita bem no fundo do seu coração.

Para mudar, você precisa mudar a “programação” de seu cérebro. Olhar os acontecimentos com “novos olhos”, ou melhor, encarar sob uma nova perspectiva, isenta do ego poderoso que quer determinar o que é certo e errado.

Este ego é forte nos perfeccionistas que sofrem muito num mundo tão caótico e perdem muitas oportunidades , pois, esperam a hora certa para mudar e entrar em ação, mas como todo bom perfeccionista, esta hora nunca chega.

Quando as pessoas “emperram” em algumas ideias tendem a sofrer, a se isolar e a querer defender seu ponto de vista, mesmo estando errado. E com isso entram em depressão, que aliás será a doença mais comum em 2020. E esse estado inunda seu corpo de neurotransmissores potencialmente tóxicos que podem desencadear uma série de doenças.

O cérebro quer sempre ter razão e até cria realidades paralelas para sustentar a “mentira” que acredita ser verdade, porém, a sua verdade. É por isso que muitos corruptos parecem não sofrer de remorso, eles criam a verdade de que se todos roubam, então ele não faz nada de errado.

A depressão ocorre quando nos sentimos fracassados. O cérebro é programado para o sucesso e por isso , até o momento, nossa espécie vem sobrevivendo. Quando o que idealizamos está distante do que conquistamos, nos sentimos fracassados. É preciso assumir que a situação atual que nos encontramos é, exatamente, o que planejamos. Você pode até falar que não foi isso que planejou e que eu estou errada, mas admita que , mesmo que inconscientemente, você  relaxou no objetivo, não deu foco, não dedicou tempo necessário, não é mesmo?

Sei que pode parecer conversa de maluco, mas é bem assim que ocorre em seu cérebro, embora , muitas pessoas prefiram criar um universo paralelo para justificar seus “fracassos” em vez de assumir o comando de sua vida. É difícil assumir que a responsabilidade pelo nosso destino é toda nossa.

Mas você quer aprender a gerenciar suas emoções e comportamentos? Quer se livrar de uma vez por todas da tristeza profunda, da procrastinação, vitimização e dos altos e baixos em que se encontra?

ENTÃO PRATIQUE  1 ITEM, ABAIXO, POR MÊS E DEPOIS  DIGA COMO ESTÁ SE SENTINDO.

  1. GRATIDÃO -Agradeça o que você tem e pare de reclamar as coisas que não tem. Isto manda mensagem ao cérebro de qual caminho você quer seguir.
  2. VALORIZAÇÃO -Pare de invejar o que os outros possuem, valorize suas conquistas. Pense na sua jornada, de que ponto você partiu e onde cosenguiu chegar, tenho certeza de que foi árdua sua caminhada.
  3. DIVISÃO – Compartilhe seus conhecimentos, em vez de apenas “sugar” dos outros sem dar nada em troca. Ajude outras pessoas e descobrirá o quanto você irá aprender e essa energia será revertida em abertura de prosperidade para você. Não precisa acreditar , afinal é ciência quântica.
  4. MOVIMENTAÇÃO – Faça exercícios, caminhe pelo menos 15 minutos por dia e assim inundará seu cérebro de SEROTONINA E ENDORFINA , hormônios da alegria, prazer e felicidade que ampliam sua criatividaade e percepção de oportunidades.
  5. CONSCIENTIZAÇÃO – Pratique choque de realidade – fracassos e obstáculos nos ensinam, levante fatos em vez de ficar só idealizando.

 

A escolha é sua.

COMO QUER VIVER?

Marynês Pereira

Master NeuroCoach

 

Show ou mudança de comportamento? Pirotecnia em palestras.

show

Hoje , um fato inédito ocorreu e serve de alerta a você que é do RH e contrata palestrantes. Um vendedor de uma grande empresa passou por treinamentos motivacionais. Andou sobre brasas e teve que dançar a música da “eguinha pocotó”. Queimou os pés e teve que ficar fora do ambiente de trabalho até se recuperar da lesão. Decidiu processar a empresa pelo constrangimento que passou. Esta matéria passou no noticiário da TV, este vendedor disse:

– Para vender não preciso andar sobre brasas, nem me expor ao ridículo.

Venho alertando alguns palestrantes para o excesso de show pirotécnico, dancinhas e demais estratégias que usam para “motivar e desafiar” os participantes de treinamentos, mas que não tem finalidade alguma. Nos EUA existe uma divisão que creio será, em breve, implantada em nosso país que é a seguinte: Entretenimento/ Show e Treinamento com Conteúdo.

Acredito que se o contexto é festinha de final de ano ou a empresa pretende fazer um show sem se preocupar com o conteúdo e conhecimento, deve contratar entretenimento. Neste caso, pode até usar esses recursos como um momento de comemoração, descontração – contratar mágicos, músicos, circo e até palestrantes show que dão dancinhas, aeróbica, etc, pois, está claro que o objetivo é divertir e relaxar o pessoal. Ninguém vai se sentir ridículo, por exemplo.

Mas se o objetivo da empresa é comprometimento, resultados, mudança de comportamentos, etc, existem muitos recursos como jogos, mágica e até as “dancinhas” que podem ser usados, desde que seguidos por reflexões dos participantes ou debriefing , onde o palestrante associa a prática com a teoria e assim, cada um pode expressar suas dificuldades e o palestrante associar o jogo ou exercício ao dia a dia da empresa.

Para fundamentar o que estou falando, você precisa entender alguns pontos:

  1. Ninguém motiva ninguém. A motivação ocorre de dentro para fora. Ocorre quando a pessoa entende o cenário em que está inserida, reflete sobre os aprendizados e amplia seus horizontes em termos culturais e de conhecimento. Os eventos festivos dão muita energia, as pessoas choram se abraçam, mas depois de alguns minutos voltam ao normal e não levam isso para o ambiente de trabalho. A mudança só ocorre através de ação com mudanças de comportamentos que devem ocorrer.
  1. Não existe transferência de aprendizagem . Se você quer correr maratona, não adianta treinar remo. As situações que ocorrem no dia a dia da empresa ,como por exemplo: aguentar pressão, cumprir prazos, entre outros, são muito diferentes das situações que ocorrem em um treinamento de sobrevivência na selva. Mesmo que nesse treinamento tenham que cumprir prazos e aguentar a pressão. O cenário é bem diferente do cenário da empresa e outros fatores afetam as nossas decisões. Posso colocar o seu melhor Líder – aquele que é assertivo, toma as melhores decisões e tem grandes resultados – em uma selva para um treinamento e ele pode não conseguir liderar a equipe de forma equilibrada e assertiva, como faz no escritório. Isso não quer dizer que ele não seja um bom Líder. Quando o cenário muda, o cérebro responde de forma, completamente, diferente. Por isso que em situações de emergência , como num acidente, nem sempre quem assume a responsabilidade em solucionar o problema é a pessoa mais assertiva ou corajosa da empresa. Para você ser bom em alguma coisa tem que treinar mais de 10.000 horas para aprimorar uma competência. Existem várias pesquisas sobre essa teoria das 10.000 horas e no caso da Liderança, por exemplo, seria, aproximadamente levar 10 anos treinando as competências para se tornar um excelente Líder.

Portanto, a próxima vez que você for contratar um treinamento pense se você quer “festinha” ou se quer mudança de comportamento e faça a sua escolha com maior consciência.

SLIDES PODEROSOS VIDEO PRESENTE

Um super presente para você de meu amigo Igor S Medeiros!

Video aula de 40 minutos sobre COMO FAZER SLIDES PRA APRESENTAÇÕES PODEROSAS.

CONFIRA NO LINK
http://www.slidespoderosos.com.br/

Vai apresentar seu novo Projeto?
Está buscando um patrocinador?
Fará uma reunião com a equipe?
Ou apresentará um curso? Palestra?

NÃO IMPORTA QUAL SEJA A SUA NECESSIDADE.
ESTEJA PREPARADO.
NENHUM MERCADO TEM ESPAÇO NEM TEMPO PARA AMADORES.

Essa imagem é uma das apresentações de material que o Igor Medeiros preparou para uma de minhas palestras.

Captura de Tela 2014-03-26 às 11.59.11